Como a Blizzard planeja dominar o competitivo de mobas.

Como a Blizzard planeja dominar o competitivo de mobas.

A Blizzard já está com uma grande comunidade ao seu redor, com nove milhões de jogadores cadastrados na sua lista de espera, Heroes of the Storm vem com tudo, isso estando apenas em beta fechado. Mesmo assim os primeiros torneios já estão acontecendo e times se formando – e é apenas questão de tempo até que algum deles se torne tão bons que um publico emerge, e então patrocínios e gaming houses.

Apostando com bastante confiança no cenário competitivo de mobas Kim Phan, gerente sênior de eSports contou um pouco mais sobre tudo:

Olá Kim, como você chegou no seu cargo atual?

Meu interesse em jogos profissionais surgiu em 2003 quando eu comecei a narrar jogos competitivos de Warcraft III. Antes de entrar na Blizzard, eu era responsável por um fã site de Warcraft III, jogava competitivamente, e administrava um time profissional Norte Americano de Warcraft III. Eu entrei na Blizzard em 2006 como uma produtora associada trabalhando com tecnologias online e continuei a trabalhar como narradora de Warcraft III na BlizzCon. Minhas posições na Blizzard incluem chefe de produção na web e time móvel, administradora de engenharia em fraudes  e anti-cheats, e hoje, cuidando do time de eSports da Blizzard.

Quão cedo no ciclo de vida de Heroes of Storm foi possível perceber que o game tinha espaço no eSport, como StarCraft 2?

Nós estamos sempre muito excitados sobre Heroes of the Storm por que é um game muito competitivo e muito divertido de jogar. Quando o jogo estava em seu estado original como um jogo personalizado de Starcraft II arcade, lá em 2010, o time de desenvolvimento percebeu que havia muito potencial para um jogo épico, e desenvolvido por completo. Para um novo jogo ser considerado como um eSport, ele simplesmente precisa de um base de jogadores apaixonados e dedicados em jogar, assistir e competir. Internamente, nos jogamos bastante o jogo e nós sabemos logo de cara que havia potencial para o jogo em se tornar um grande eSport, mas nós queriamos esperar e ter certeza que a comunidade sentia o mesmo. O modo espectador foi lançado e foi abraçado pela comunidade, nossos pensamentos iniciais foram imediatamente confirmados. Como qualquer esporte, quando há interesse em ver quem é melhor num jogo então os torneios surgirão, eventos começaram, e competições serão criadas – e nós estamos felizes em ver que isto está acontecendo com a comunidade de Heroes.

Conte-nos qual seus planos para estabilizar Heroes of the Storm como um eSport. Qual o próximo passo?

Nós estamos nos preparando para anunciar os planos desse ano para o eSport de Heroes logo. Mas, para agora, eu posso contar que nossa meta para Heroes é ter ênfase em ser abrangente a ponto de permitir que todos os times tenham oportunidades iguais em participar. Nós queremos um sistema simples para esse primeiro ano de lançamento, e para ver qual tipo de comunidade surge ao redor do jogo organicamente. Nós queremos continuar a fortalecer a comunidade e nossos parceiros para que possam eles mesmos criar torneios. Em adição a isso, nós também planejamos fazer alguns torneios nossos, então fiquem atentos para mais informações, em breve!

Você vê Dota 2 e League of Legends como rivais, e o que Heroes faz de diferente a eles como um evento de espectadores?

Nós reconhecemos o que os outros jogos estão fazendo no cenário e nós achamos que eles tem feito um ótimo trabalho para o crescimento do eSports. Com Heroes, nós estamos tomando uma Nova abordagem para esse gênero. Heroes of the Storm tem vários recursos únicos que o diferencia dos outros: nossos Campos de Batalha tem objetivos novos e loucos que mudam a cada jogo, e os heróis tem anos de história, e os jogos são rápidos e furiosos. Sem mencionar que não há construção de items para se preocupar, diferenças de ouro, ou até atribuições na lane para se preocupar. Cada time funciona como uma grande unidade no campo, compartilhando level de experiência, e fazendo objetivos fluidamente enquanto o jogo progride.

É sempre um desafio mudar as regras e tentar algo novo. Mas nós tivemos um feedback tão positivo até agora, e nós somos tão sortudos em ter uma base de jogadores que investem em nos ajudar a refinar e construir essa experiência. Nós estamos todos olhando positivamente em lançar e tornar possível compartilhar essa experiência com todos.

Riot e Valve estão tomando formas diferentes de abordagem em profissionalizar seus jogos: o primeiro através de salários e premiações menores (porém mais frequentes), e o último através de um financiamento colaborativo massivo que apenas vai para alguns poucos finalistas. Como será sua abordagem para o Heroes?

Nossa abordagem para o eSport de Heroes evoluirá a medida que o jogo continue a se desenvolver e a base de jogadores e comunidade cresça. Começando no lançamento, nós queremos encorajar as competições em todos os leveis, desde as raízes, amadores e profissionais. Novos jogadores são essenciais para manter a competição fresca e nós queremos oferecer oportunidades suficientes para que as pessoas venham de diferentes momentos da vida e sejam capazes de competir de imediatos se estiverem prontos para o desafio. Com o tempo, com o desenvolvimento do cenário, iremos introduzir mais estrutura no sistema para ajudar o jogo como um esporte profissional.

Você vai esperar o Heroes sair do beta fechado antes de promove-lo como um torneio esportivo e espetáculo?

Já existem várias organizações fazendo torneios de Heroes of the Storm no beta fechado: nós não estamos promovendo eles ainda como gostaríamos já que o foco, por enquanto, é o lançamento do jogo. Nós estamos trabalhando com alguns parceiros em torneios licenciados de Heroes of the Storm e estão felizes em trabalhar com qualquer um querendo criar eventos. Esse ano é um ano de crescimento para Heroes e nós queremos recompensar quem tomar os primeiros passo com ajuda e promoção. Nosso setor oficial de eSports provavelmente irá tomar lugar após o lançamento.

Quando a hora chegar, você vê ligas evoluindo disso, ou será isso apenas um torneio para espectadores?

Nós estamos abertos para os dois cenários e uma liga é certamente possível para Heroes, mas ao que parece, como é estruturada, e a forma que será tomada ainda está em desenvolvimento. Nós queremos fazer o que é melhor para o jogo e para a comunidade.

Quão próximo você acha que estamos em ver times de Heroes of the Storm emergirem e que jogam o tempo todo, como meio de vida?

Já há alguns times reunidos e morando juntos ou planejando em morarem juntos para jogar o jogo em tempo integral com o apoio dos patrocinadores de seus times. Nós esperamos em ver mais desses times integrais a medida que o jogo chegue próximo do lançamento e mais recursos competitivos forem adicionados.

Quem são os times de Heroes a se olhar até agora?
Tempo Storm é visto como o melhor time Norte Americano no momento, enquanto na Europa é um pouco mais diverso. As competições da ESL estão acontecendo e cada semana, há um novo ganhador, no entanto tenho que dizer que o time do Lucifron e Vortix, El Nexo, parece estar ganhando mais atenção com seus sucessos.

Você vê Heroes se tornando um maior espetáculo – não um negócio – do que StarCraft 2 em algum tempo?

Os times de Heroes of the Storm terá 5 vezes mais jogadores competindo devido a natureza do jogo, então definitivamente será um espetáculo interessante com uma experiência muito mais diferente de se assistir comparado a StarCraft II

Qual será o próximo lugar que nós teremos oportunidade de ver o competitivo de Heroes of the Storm?
A comunidade já começou a fazer alguns torneios competitivos de Heroes of the Storm. Por exemplo, ESL está acontecendo semanalmente e está aberto a inscrições para o torneio Go4Heroes. Mais parceiros estão surgindo o tempo todo, então fique ligado em Heroes of the Storm no Twitch para acompanhar todas as competições.

 

Fonte: Redbull

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Lost Password

Advertisment ad adsense adlogger